Postado em: 10/02/2017 às 12:26 - Por: Neli Carpinter

Imagem reprodução Google


Direção: James Foley
Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Bella Heathcote e mais
Gênero: Romance, Drama, Erótico
* Não recomendado para menores de 16 anos
Fonte: Adoro Cinema

Sinopse:
Incomodada com os hábitos e atitudes de Christian Grey (Jamie Dornan), Anastasia (Dakota Johnson) decide terminar o relacionamento e focar no desenvolvimento de sua carreira. Ele, no entanto, não desiste tão fácil e fica sempre ao seu encalço, insistindo que aceita as regras dela. Tal cortejo acaba funcionando e ela reinicia o relacionamento com o jovem milionário, sendo que, aos poucos, passa a compreender melhor os jogos sexuais que ele tanto aprecia.

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes do filme. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.

Nesse segundo filme da saga “Cinquenta Tons”, temos uma história de amor se desenvolvendo, mesmo porque no livro, o segundo volume também é meio morno.

O enredo em si, ficou muito fraquinho, quase não se percebe um durante todo o filme.

Quem não assistiu ao primeiro filme não consegue entrar na história. Foi o que aconteceu com o meu marido, que dessa vez topou ir “só para me fazer companhia”. No meio do filme ele me perguntou: “esse filme não tem enredo?”. Penso que faltou uma introdução legal. O começo foi muito “vapt vupt”.

Se você não conhece o Christian Grey do primeiro filme não vai perceber a mudança de personalidade dele em Cinquenta Tons Mais Escuros. Mas esse é o único resquício de enredo no filme.

Não se consegue encontrar elementos da história de amor do Sr. Grey.

Mesmo assim, não posso dizer que não gostei do filme, porque gostei, e bastante. Alguns momentos bons, insinuativos e provocativos, salvam o filme.

Talvez cada livro devesse ser dividido em dois filmes, pois todo o conteúdo em 2 horas fica complicado. Quem não leu o livro não entende muita coisa por causa da aceleração e adaptação de cenas e quem leu, sente falta de algo. O primeiro filme – Cinquenta tons de cinza – foi bem fiel ao livro, mas o dois deixou a desejar.

Se você ta a fim de ir assistir Cinquenta tons mais escuros, tenho três conselhos: 1 assista ao primeiro filme antes. 2 Siga seu extinto e vá sem medo. 3 você pode aguardar passar na TV e poupar seu dinheirinho.

Apesar dos pesares, fiquei satisfeita com o resultado final do filme… minha nota para ele é 8.

Posts Relacionados:
♥ ♥ ♥ Comentários ♥ ♥ ♥

(*) Campos Requeridos



Em 05-03-2017 às 1:37 am

Olá Neli. Gostei mais desse filme que do primeiro. Agora tenho que ler o terceiro livro para assistir ao próximo. Beijos Andréia http://www.mardevariedade.com


Em 16-03-2017 às 11:52 am

Já eu prefiro esse segundo filme olha hahaha questão de enredo esse filme irá sempre pecar, porque o livro é consequência disso, ele não tem uma boa história.

Infelizmente não temos mais cenas do Grey sem roupa, só da Ana, o que explica o roteiro ter sido feito por um homem. Ele esqueceu que esse filme é para mulheres, mas, enfim…

Achei que ela bota ele no lugar que merece.
Ela se impõe e você percebe que ela só dá chance porque está apaixonada e não há outra explicação.

Eu gostaria de ter um maior desenvolvimento entre o chefe dela e ela, seria bem interessante. Só que eu gostaria de várias outras coisas kkkkkkk aí eu reescreveria o roteiro e seria outra estória né…