Postado em: 15/08/2015 às 16:35 - Por: Neli Carpinter

Oie!
No mês de julho bati meu record de ir ao cinema. Foram 4 filmes em menos de um mês. Vou falar um pouquinho sobre cada um deles nesse post. O primeiro deles foi o dos MINIONS.

– MINIONS

Imagem reprodução Google

Imagem reprodução Google

Ficha Técnica
Gênero: Animação , Família
Direção: Pierre Coffin, Kyle Balda
Com: Sandra Bullock, Jon Hamm, Michael Keaton e outros
* Livre
Fonte: Adoro Cinema

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes do filme. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.


Quem assistiu Meu malvado favorito 1 e 2 já conhece esses serzinhos amarelos que encantam a todos. Depois de dois filmes como coadjuvantes, eis que eles ganharam um filme só deles, enorme o sucesso que fizeram. Sim! “OS MINIONS” veio para nos fazer mais apaixonados pelos “amarelinhos”.

O filme/desenho, embora seja infantil, também encanta os adultos.
Conta a história dos seres unicelulares que têm como objetivo na vida servir a grandes vilões. Eles surgiram há milhares de séculos e desde então estão sempre em busca de um vilão para ser seu chefe. Primeiro um tiranossauro, depois um homem das cavernas, seguido por um urso e assim em diante. Quando estão sem chefe, eles se tornam criaturas depressivas e a vida deles perde o sentido.

Nessa situação, três deles, Bob, Stuart e Kevin, não se conformando, saem em busca de um novo chefe e vão parar numa convenção de vilões. Eles são muito atrapalhados e rendem boas risadas. E no final fazem a ligação dos Minions com o Meu malvado favorito.

O filme passa tão rápido que quando termina você gostaria que ele continuasse. Eu recomendo e digo que se você é daqueles/as que adoram um entretenimento não deixe de assistir. Ahh! Eu adorei também os efeitos 3D. Não são os melhores que já vi, mas são muito bons!

– Divertida Mente

Imagem reprodução Google

Imagem reprodução Google

Ficha Técnica
Gênero: Animação , Comédia , Família
Direção: Pete Docter
Com: Amy Poehler, Bill Hader, Mindy Kaling e outros
* A partir de 6 anos
Fonte: Adoro Cinema

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes do filme. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.


Divertida mente conta a história de uma garota de 11 anos que tem sua vida mudada quando precisa de mudar de cidade com os pais.
É um filme/desenho que tem muito de psicologia. Apesar de ser infantil, penso que os adultos amarão.
Ele aborda toda a questão emocional dos momento de dificuldades na vida da garota, uma nova casa, nova escola, novos amigos.

Para que se entenda a história, ela começa mostrando desde o nascimento da garota (Riley). Mostra que o cérebro é comandado por emoções e a primeira que surge é a Alegria, ela tem o controle central, mas também aparecem a Tristeza, a Raiva, omedo e o Nojinho. A ,Alegria cuida para que a felicidade prevaleça na vida da Riley, mas num ato involuntário, a Tristeza toca um ponto de seu cérebro e aí começa uma grande confusão. A Alegria e a Tristeza tentando consertar as coisas acabam sendo sugadas para fora da central de comando e quem permanece no controle são: o medo, a Raiva e o Nojinho, que acabam mudando a personalidade da Riley.

Tentando encontrar o caminho de volta para consertar as coisas, a Alegria e a Tristeza encontram o amigo imaginário da menina, esse me fez chorar, mas valeu a pena.
Vale ressaltar que o filme traz explicação de como mesmo com as mesmas emoções, as pessoas reagem de maneiras diferentes, e também o funcionamento do psicológico que acaba formando a personalidade da pessoa. Guarda o que realmente vale à pena e simplesmente deleta o que não vale.

No final, a Alegria descobre que a Tristeza também tem um papel importante, assim como as outras emoções. Elas precisam ser equilibradas, trabalhando em conjunto para que não haja um descontrole total.
No final do filme os globos de memória possuem muitas cores. Acredito que seja o processo de amadurecimento que com o passar dos anos se tornam mais complexos e precisam ser vivenciados e aprendidos a serem controlados.

Ahh, antes do início do filme passa um curta. I Lava You! É um musical sobre um vulcão que possui como grande sonho um amor para compartilhar sua vida (Encontrei um vídeo no youtube em português, mas está incompleto).

Eu me apaixonei. Recomendo ir assistir adultos, crianças, vovós e vovôs.

– Meu Passado me condena 2

Imagem reprodução Google

Imagem reprodução Google

Ficha Técnica
Gênero: Comédia
Direção: Julia Rezende
Com: Fábio Porchat, Miá Mello e outros
* Não recomendado para menores de 12 anos
Fonte: Adoro Cinema

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes do filme. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.


Sequência do 1, Meu passado me condena 2, traz Fábio Porchat e Miá Mello vivendo alguns problemas naturais em relacionamentos que caem na rotina, desentendimentos, frustrações, traições… tudo com uma boa dose de humor.

Miá Mello tem uma excelente atuação, já o Fábio é ele mesmo. Ricardo Pereira, Antônio Pedro e Inez Viana têm uma participação legal e carrega o humor do filme.

Gostei muito do filme e vejo que o cinema nacional está crescendo cada vez mais. Ri bastante, mas não pagaria de novo para assistir. Recomendo esperar sair em DVD, Blu-ray ou pelas azz da vida.

O filme se passa em Portugal e tem cenas muito bonitas.

– Pixels

E por último, Pixels! Esse eu asssisti na estréia.

Imagem reprodução Google

Imagem reprodução Google

Ficha Técnica
Gênero: Ficção científica , Ação , Comédia
Direção: Chris Columbus
Com: Adam Sandler, Michelle Monaghan, Kevin James e outros
* Não recomendado para menores de 10 anos
Fonte: Adoro Cinema

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes do filme. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.


Lááá em 1982 acontece um torneio para eleger o melhor jogador de fliperama do mundo. Mensagens com cenas dos jogos são enviadas ao espaço. Essas mensagens são recebidas por alienígenas que as interpretam como um desafio e se preparam para atacar a terra usando os próprios personagens dos jogos.
Os amigos de infância Sam Brenner (Adam Sandler) e William Cooper (Kevin James) seguem caminhos diferentes. Sam torna-se um atendente de assistência técnica e Will presidente.
Após o fracasso do exército em tentar deter a ameaça, o presidente Will busca ajuda do seu amigo que era expert no vídeo-game para ajudar no combate aos alienígenas. Ele reúne os “amigos” de jogo e monta uma equipe para a batalha.
O filme é muito bom e divertido. Os efeitos especiais, 3D, reproduzem legal os gráficos dos games, mas poderiam ser bem melhores. Gostei muito da trilha sonora.
Recomendo o filme. Para assistir Pixels, não é preciso ser entendedor dos vídeo-games. Então pode juntar a família e ir ao cine mais perto de você.

Você já assistiu algum desses filmes? Gostou? Não assistiu? Qual gostaria de assistir? Deixe sua opinião ou expectativas aí embaixo nos comentários.

badge_post_01

Posts Relacionados:
♥ ♥ ♥ Comentários ♥ ♥ ♥

(*) Campos Requeridos



Nancy
Em 28-07-2015 às 5:06 pm

Pixels é ótimo… a última cena é mega fofa, eu diria até que é apaixonanteeee!!! 🙂


    Em 28-07-2015 às 9:08 pm

    Oie Nancy!
    Sim, sim, muito linda a cena, mas te digo que achei os minions uma overdose de fofura.
    Bjus