Postado em: 15/04/2014 às 19:04 - Por: Neli Carpinter
Este post faz parte da blogagem coletiva do mês de abril promovido pelo Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais.
Para ler outras blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.
Discos da minha vida

Discos da minha vida

Não vou colocar por ordem de importância, pois todos tem seu lugar especial de igual valor.

Kid Abelha

Kid Abelha



Kid Abelha
Gosto até hoje. A música “Como eu quero” é a trilha sonora minha e do meu marido. Não é uma música romântica, mas marcou muito a nossa vida. E o disco todo é muito bom.


Kátia

Kátia



Kátia
Esse disco (era uma compacto, de 2 músicas) marcou muito a minha vida. Quando terminei com meu primeiro namorado, ouvia-o o dia todo. Minha avó falava que ia furar o disco de tanto tocar. Depois disso ele virou meu disco de “fossa”. Até hoje gosto de ouvir “Lembranças”.


Pink Floyd

Pink Floyd



Pink floyd
Não sou muito fã de música internacional, mas lembro que quando saiu esse disco me encantei por ele desde a primeira vez que escutei. Ganhei o disco de presente de amigo oculto na escola, acho que foi o único presente de amigo oculto que gostei na minha vida.

Sidney Magal

Sidney Magal



Sidney Magal
Ah, esse foi a minha paixão. Me apaixonei por Sidney Magal. Ele era o meu amor platônico. Tipo hoje as meninas se apaixonam por Luan Santana e Justin Bieber.


Raça Negra

Raça Negra



Raça negra
Não só esse disco, mas todos do Raça Negra. Tenho todos. Não existe um bom churrasco se não tocar os pagodes do grupo.


Roupa Nova

Roupa Nova

Roupa Nova
Sem explicações. Amo todos e todas as músicas.


Razão Brasileira

Razão Brasileira



Razão brasileira
Esse é um disco que me lembra muito uma vizinha que eu tive e que já faleceu. Ela morava no apartamento de frente ao meu e todos os sábados (era o dia que eu estava em casa) ela colocava para tocar no volume máximo, sentávamos as duas na escada tomando cerveja e papeando ao som do Razão Brasileira.


Mamonas

Mamonas



Mamonas
Acho que esse marcou a vida de quase todo mundo, das crianças aos idosos. O país ficou de luto com a morte deles.


Jessé

Jessé



Jessé
Tinha poucas músicas, mas “Porto Solidão” me tocou muito. Ele foi lançado numa fase muito gostosa da minha vida. Há um tempo atrás teve uma novela na Record, que não me lembro o nome agora, que tinha essa música como tema da abertura, eu colocava no canal só para ouvir e depois tirava.


Titãs

Titãs



Titãs
Esse é para ouvir a vida toda sem enjoar, porém não tem um porquê especial.


14 Bis

14 Bis



14 Bis
Todos os domingos tinha uma discoteca na minha cidade que chamava “Big Som” e 14 Bis era carta marcada. E eu dançava muuuuito.


Elymar Santos

Elymar Santos



Elymar Santos
Esse é outro que tenho praticamente todos os discos dele. Amo muito. Gosto de ouvir para dormir.


Nossa, acabo de perceber que os discos que fazem parte da minha são quase todos melosos. Até mesmo os de pagode são pagodes românticos, aliás, eu me considero uma pessoa muito romântica e vocês vão poder perceber isso também quando eu postar o meme do mês do grupo.

Posts Relacionados:
♥ ♥ ♥ Comentários ♥ ♥ ♥

(*) Campos Requeridos



Em 16-04-2014 às 3:23 pm

HAHAHAHAHA..Sidney Magal!!!!
A minha primeira paixão platônica foi Luiz Caldas…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Lá em casa tinha um LP e eu ficava ouvindo e beijando a foto dele! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Gostei dessa BC porque tô vendo vários estilos de várias épocas diferentes…muito bom!


    Neli Carpinter
    Em 16-04-2014 às 4:04 pm

    Olá Adriana!
    Eu também estou gostando dessa BC.
    Luiz Caldas era um charme.

    Bjus


Em 19-04-2014 às 2:28 pm

Adoro esses memes para a gente conhecer as blogueiras melhor!
Sim! Mamonas foi uma banda fora de sério! Ultrapassou gerações e até hoje o legados deles é vivo e motivador!
Adoro as músicas deles porque me alegram… pode ser o dia que for, escuto e me tirar risadas e sorrisos! Kiss