Postado em: 04/08/2015 às 00:03 - Por: Neli Carpinter

Do mesmo modo que li e leio Machado de Assis, Eça de Queiros, Sidney Sheldon, Dan Brown, etc… li e leio os romances de banca considerados por muitos, “romances água com açúcar”.

Romances de banca

Romances de banca

Na verdade, essa literatura fez parte de muitos momentos da minha vida, especialmente a adolescência. Eu adorava! Talvez porque eu sempre fui muito romântica.

Naquela época, eu achava que os homens da vida real fossem como aqueles “príncipes” que eu encontrava nas páginas impressas em papel jornal e estampavam as capas dos “romances açucarados”, verdadeiros deuses gregos. Ah! mera ilusão… Mas também tinha medo, pois geralmente as mocinhas passavam maus pedaços para conseguirem o tão esperado final feliz.

Romances de banca

Romances de banca

Eu tinha amigas que também gostavam e a gente ia trocando. Assim, sempre tínhamos um estoque para ser lido.

Romances de banca

Romances de banca

E eu virei adulta, namorei, noivei e casei. Ele não é igual àqueles príncipes, mas é o meu príncipe, com suas qualidades e defeitos. Estamos juntos há 26 anos.

Hoje, apesar de eu estar na casa dos 5.0, continuo me deliciando com esses romances e descobri a algum tempo duas amigas que até hoje também os leem. Assim passamos a trocar os livrinhos como na época da adolescência, rsss

Romances de banca

Romances de banca

Para quem não conhece ou nunca leu, as histórias são sempre bem românticas, melosas até, algumas bem picantes, mas são gostosas de ler, são curtinhas, sem muita emblomation. Alguns livros são fraquinhos, mas existem muitos livros entre os Best Sellers que são ruins também, não é?

Os mais famosos desde sempre são:

Sabrina: mostra conflitos do dia-a-dia gerados por ciúmes e mal entendidos, mas sempre com final feliz.
Bianca: São relacionamentos amorosos descritos de maneira sutil e poética.
Julia: São aventuras mais intensas, picantes e suas heroínas refletem bem a mulher moderna, mas romântica, sonhadora.

Júlia - Sabrina - Bianca

Júlia – Sabrina – Bianca

E mais atuais, mas nem por isso menos famosos, são os “Romances Históricos”, lançados pela editora Harlequin. Nesses, muitas vezes você faz uma viagem de volta a um passado distante que vale à pena.

Romance de banca

Romance de banca

Foi então que, quando li a trilogia dos “Cinquenta tons de cinza” e também vi sua repercussão na internet, percebi que as pessoas gostam desse tipo de romances, só que muitas vezes julgam sem conhecer, não dão nada pelos livrinhos de banca vendidos a preços bem populares.

Eu super indico para quem gosta de romances.

Taí… eu me identifico muito com os romances açucarados. E vc, gosta ou nem chega perto?

badge_post_01

Posts Relacionados:
Postado em: 03/08/2015 às 00:01 - Por: Neli Carpinter

organizacaodefios2_vidaqs

Sabe aquele emaranhado de fios que fica onde colocamos o computador, a TV e outros eletrodomésticos? Pois é! Aqui no meu “apertamento” a coisa estava feia e me incomodava bastante. Então comecei a pesquisar alguma maneira de diminuir aquela bagunça. Encontrei bastante ideias, mas nenhuma que eu amasse.

Vendo a foto abaixo (foto 1), me veio a ideia de fazer as borboletinhas (fiz com papel ofício usando o molde abaixo – foto 2).

FOTO 1 - sossolteiros - http://sossolteiros.bol.uol.com.br/como-instalar-fios-aparentes-como-decoracao/

FOTO 1 – sossolteiros – http://sossolteiros.bol.uol.com.br/como-instalar-fios-aparentes-como-decoracao/

FOTO 2 - Molde borboletas

FOTO 2 – Molde borboletas

Primeiro juntei os fios com fita hellerman e fui colando as borboletas onde havia as fitas. Achei que ficou meio pelado e acrescentei mais algumas e ainda assim não estava satisfeita, então cortei algumas florzinhas (cortei com o cortador da foto 3) e intercalei com as borboletas. Eu amei!

FOTO 3 - Cortador de flor

FOTO 3 – Cortador de flor

Olha o antes e o depois e me diga se não ficou bem melhor?!?!

Organização de fios

Organização de fios

*Antes de iniciar a organização, eu retirei alguns fios que só são usados de vez em quando, para diminuir o volume.

Outras dicas de como organizar fios encontrei nos links abaixo:
Morando sem grana
SOS solteiros
Efetividade

badge_post_01

Posts Relacionados:
Postado em: 02/08/2015 às 19:30 - Por: Neli Carpinter

Às vezes é bom estarmos acompanhados, outras é ainda melhor estarmos sós. São duas ótimas situações. Uma hora queremos estar só, outra o coração pede companhias. São prazeres contrapontos, mas que cada um tem seu valor.

Tem dias que surgem convites de amigos que não gostaríamos de recusar, mas nesse momento o que almejamos é ficar só, curtindo nosso cantinho, nossa casa, nossa cama… Essa é a hora em que a solidão é uma boa companhia.

Porém, tem dias que estamos em casa sozinhos e não pinta nada para fazer, todos os amigos estão distantes, trabalhando, talvez até mesmo em seus momentos de introspecção. E aí, sem ninguém para atender ao nosso chamado interior saímos, vamos ao mercado, ao shopping…, tornando fácil equilibrar a solidão.

É uma delícia quando temos um final de semana com amigos e familiares, rimos, brincamos, nos divertimos bastante, e, quando já estamos começando a querer a solidão, eis que surge a não tão querida segunda-feira, com toda sua pompa de princesinha, querendo que todos a bajulem. Se nesse dia podemos optar por sair ou ficar em casa, em nosso lugar particular, nos conhecendo cada vez mais, esse é o momento.

Às vezes nos afastar um pouquinho só das pessoas é muito bom, mas é muito melhor estar com as pessoas que gostamos. Nosso coração revive com a conversa, com um abraço, com um toque.

Foto: Neli Carpinter

Foto: Neli Carpinter

Sozinho sim, mas não solitário. Sozinho construímos sonhos, exploramos nosso interior, reconhecemos nossos sentimentos, redefinimos conceitos.

E você, acha que a solidão é ou não uma boa companhia? Deixe sua opinião nos comentários.

*Este é um post que fiz há algum tempo, porém teve poucas visualizações, então resolvi repostá-lo no BEDA.

badge_post_01

Posts Relacionados:
Postado em: 01/08/2015 às 12:31 - Por: Neli Carpinter

beda

Oie pessoas lindas!

O mês de agosto começou e já trouxe um monte de coisas boas. Pra começar, agosto é o MEU MÊS EEEEEEEEEEEEEEEE!!!! E também de muitas pessoas queridas.

Agosto é também o mês que comemoramos o dia do blog (31/08) e este ano, um grupo que participo, o Rotaroots lançou o projeto BEDA (Blog Every Day August). A ideia é de que se faça pelo menos um post por dia. E eu garanto que, nem que seja uma linha vocês terão postada aqui todos os dias desse mês. Me esforçarei ao máximo para cumprir esse projeto do início ao fim e conto com a visita e participação de todos/as vocês.

badge_post_01

Posts Relacionados:
Página 20 de 4010171819202122233040