Postado em: 16/12/2016 às 20:25 - Por: Neli Carpinter

Você já assistiu ou ouviu falar da série Secrets and Lies?

Eu assisti na Netflix (por indicação do marido). Lá só tem uma temporada, mas já vi na internet que tem mais uma, porém ainda não está disponível na Netflix.

É uma série muito boa, que nos deixa presos em cada episódio. Lembra um pouco os romances de Agatha Christie que ficamos supondo quem é o assassino, até que no final nos surpreendemos.

É uma adaptação de uma série australiana do mesmo nome.

A proposta é trazer em cada temporada uma história e elenco diferentes, com exeção da detetive Andrea Cornell (Juliette Lewis), que estará presente pelo menos na segunda temporada.

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes da série. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.

Nessa 1ª temporada, assistimos a história do assassinato de um menino em que o principal suspeito é o seu vizinho Ben, que no início de uma manhã sai para uma corrida e encontra o corpo do menino.
Bem liga imediatamente para a polícia e para sua infelicidade a detetive logo começa suspeitar dele. E, por conta disso, a notícia se espalha e todos passam a desconfiar de Ben.
Para tentar provar sua inocência e descobrir o culpado, Ben toma decisões que só pioram a situação.

Durante a temporada podemos perceber que a família de Ben, que parecia bem estruturada e perfeita é na verdade bem problemática. Todos têm seus segredos.

E apesar de tudo indicar que Ben é o assassino, sabemos que não será ele. Há muitas reviravoltas e a cada uma delas você muda de ideia quanto ao autor do assassinato. Quase impossível acertar, pois o final é surpreendente.

Para mim, a história deveria continuar em sua próxima temporada. A história do assassino deveria ser contada. Se você assistir, creio que concordará comigo.

Secrets and Lies não é nem de longe a melhor série que já assisti, mas vale à pena tirar um tempinho e fazer a maratona da temporada. São apenas 10 episódios. É rapidinho.

Posts Relacionados:
Postado em: 10/12/2016 às 15:33 - Por: Neli Carpinter

Nove anos se passaram desde que ficamos “órfãos” de Gilmore Girls e enfim recebemos a notícia de que “tudo era apenas uma brincadeira”… Não ficamos órfãos ÊÊÊÊÊÊÊÊÊ!!!!!!!
Para quem é fã da série, a notícia foi uma das poucas coisas boas que aconteceram em 2016.

São quatro novos episódios de 90 minutos cada e cada um corresponde a uma estação do ano.

Quase todos os atores voltaram à série. A maior falta foi de Edward Herrmann, ator que viveu Richard Gilmore e que morreu dois anos antes desse maravilhoso retorno.

Este texto pode conter spoiler, o que pode revelar partes da temporada. Se não quiser ler, sugiro que visite outros posts no Vida que Segue.

Creio que em homenagem a Edward Herrmann, a autora começou a nova temporada abordando o luto pela morte de Richard Gilmore. Com a viuvez, Emily precisa reaprender a viver, de uma maneira diferente, só. Mas não se amofina, corre atrás de sua felicidade.

Rory volta para casa após anos tentando alçar vôo em sua carreira. Seus sonhos não se concretizam, mas ela não desiste. Embora desanimada, vê na sua cidade a chance de se redescobrir na profissão.
No amor, Rory continua “enrolada”. Agora num relacionamento com Logan, já comprometido.

Lorelai sai em busca de autoconhecimento, faz uma viagem sem as pessoas da sua vida, mas volta sem antes mesmo de dar início a peregrinação.

As garotas Gilmore vivem seus dilemas interiores, mas não deixam de lado a essência de seus personagens.

Stars Hollow continua a mesma. Luke com seu mal humor, Taylor com suas loucuras, a banda de Lane e as esquisitices da família Kim

Enfim, o revival de Gilmore Girls veio para agradar os fãs, mas não fechou o ciclo dos personagens. Tudo dá a entender que teremos mais novidades por aí. Começando com o término quando foram ditas as esperadas quatro palavras: “Mãe, eu estou grávida“.

É isso aí pessoas. Vamos aguardar! Quem sabe seremos contemplados com mais uma temporada dessa série deliciosa de se ver.?!?!!?

Posts Relacionados:
Postado em: 03/12/2016 às 12:45 - Por: Neli Carpinter

Eu, como muitos telespectadores da Globo, aguardo ansiosa a vinheta de fim de ano. Cada ano de uma maneira diferente, a Globo dá adeus ao ano que está acabando e já começa a celebrar o novo. Um momento de confraternização para seus funcionários e que nos dá a alegria de ver nossos artistas em um momento diferente.

Não vou dizer que a desse ano foi a melhor porque não foi. Já tivemos muitas lindas e bem mais criativas, como a do ano de 2013/2014, dentre outras.

Assista!

Posts Relacionados:
Postado em: 28/11/2016 às 19:02 - Por: Neli Carpinter

Elis Regina é considerada uma das maiores cantoras do Brasil e ganhou um filme que conta a sua biografia. Bem compacta, sem aprofundar em nenhum período de sua vida, mas dá para entender bem como foi sua trajetória, porém poderia ser bem melhor.

elis filme poster

Elis

Ficha Técnica:
Direção: Hugo Prata
Elenco: Andreia Horta, Caco Ciocler, Gustavo Machado mais
Gênero: Drama, Biografia
*Não recomendado para menores de 14 anos
Fonte:Adoro Cinema

Sinopse: Cantora desde a infância, Elis Regina Carvalho Costa (Andreia Horta) entra na vida adulta deixando o Rio Grande do Sul para espalhar seu talento pelo Brasil a partir do Rio de Janeiro. Em rápida ascensão, ela logo conquista uma legião de fãs, entre eles o famoso compositor e produtor Ronaldo Bôscoli (Gustavo Machado), com quem acaba se casando. Estrela de TV, polêmica, intensa e briguenta, a “Pimentinha” não tarda a ser reconhecida como a maior voz do Brasil, em carreira marcada por altos e baixos.

A atriz que vive a Elis, foi muito bem escolhida. Andreia Horta incorporou a personagem com muita majestade. Os trejeitos, o sorriso e a caracterização lembra muito a Elis. Parabéns a Andreia!!!

Quanto ao filme em si, tem horas que a gente tem que se esforçar para entender em que época da vida da cantora estamos. Creio que para não ficar um filme muito extenso, correram demais e acabaram embolando o meio de campo.
Se você conheceu Elis, vale à pena assistir o filme para matar saudades de seu sorriso e jeito próprio de ser. Se não a conheceu, também vale à pena assistir para saber um pouco da tão querida Elis que volta e meia você ouve falar.

Mas não vá esperando uma superprodução, pois pode se decepcionar.

Posts Relacionados:
Página 6 de 403456789203040