Postado em: 18/04/2014 às 15:53 - Por: Neli Carpinter

Todas essas receitas são da minha avó, que fazia tudo com muito carinho para toda a família e mais quem chegasse em casa, e eu vou partilhar com vocês essas delícias.

Bacalhoada de forno

Bacalhoada de forno

Bacalhoada de forno

Ingredientes:
1 kg Bacalhau Dessagaldo;
1 kg Batata inglesa;
1 cebola grande cortada em rodelas;
1 pimentão verde, cortado em tiras finas;
1 pimentão vermelho, cortado em tiras finas;
1 pimentão amarelo, cortado em tiras finas;
Azeite de oliva extra virgem;
Pimenta do reino à gosto;
Azeitonas pretas;
Cheiro verde.

Modo de preparar:

Em uma panela, coloque o bacalhau e acrescente água até cobri-lo, deixe cozinhar, mas deve ficar firme, pois depois vai ao forno. Caso seja necessário, vá acrescentando água até o bacalhau cozinhar. O tempo de cozimento dependerá da altura da posta do peixe.
Cozinhe também as batatas cortadas em rodelas finas, até ficarem “al dente” (eu costumo colocar umas gotinhas de vinagre para que elas não desmanchem).
Em outra panela, despeje um pouco de azeite de oliva e frite a cebola e os pimentões, até que fiquem dourados, temperando a mistura com pimenta do reino à gosto. A importância fritar as cebolas e pimentões é para evitar que no forno acumulem água. Não devem ser utilizados crus.
Em um refratário alto monte a bacalhoada da seguinte forma:
Cubra o fundo da travessa com as batatas cozidas e regue com azeite de oliva;
Acrescente metade da cebola e pimentões fritos;
Com cuidado para que não despedace, coloque o bacalhau;
Acrescente o restante das cebolas e pimentões e regue tudo com azeite de oliva;
Por último coloque as azeitonas pretas e o cheiro verde (o cheiro verde pode ser colocado depois de pronto. Eu prefiro antes).
Leve ao forno pré-aquecido por aproximadamente 20 minutos. Dependendo da intensidade da chama, há fornos em que o tempo será menor ou maior. O importante é verificar que o azeite está fervendo e, consequentemente, todos os ingredientes da receita.
Sirva em seguida.

Bolinho de bacalhau

Bolinho de bacalhau

Bolinho de bacalhau

Ingredientes:

½ kg de bacalhau;
½ kg de batata;
1 ovo;
salsa e cebolinha (picados);
2 dentes de alho amassado;
farinha de trigo para dar ponto;
5 colheres de sopa de azeite;
Sal.

Modo de preparar:

Dessalgue o bacalhau e coloque para cozinhar.
Desfie e reserve.
Cozinhe as batatas e esprema-as.
Misture a batata com o bacalhau desfiado e acrescente os outros ingredientes, (salsa e cebolinha, alho e o azeite), vá acrescentando a farinha de trigo misturando bem até dar ponto para enrolar.
Verifique o sal e se for necessário, coloque mais um pouco para temperar.
Faça os bolinhos e frite-os em óleo bem quente.

Atenção! Não coloque cebola na massa senão o bolinho abre.

Canjica doce com amendoim

Canjica com amendoim

Canjica com amendoim

Ingredientes

½ kg de milho para canjica;
2 l de água;
1 lata de leite condensado;
1 vidro de leite de coco;
100 grs de coco ralado;
2 xícaras de leite comum;
Cravos da Índia;
Pauzinhos de canela;
250 g de amendoim torrado e moído;
Canela em pó para polvilhar.

Modo de preparar:

Deixe a canjica de molho na água de um dia para o outro.
Cozinhe em panela de pressão por 30 minutos ou até que esteja macia.
Acrescente o leite, o leite condensado, o coco ralado, o leite de coco, o cravo e a canela.
Deixe ferver por mais alguns minutos, mexendo sempre até que ela fique cremosa.
Acrescente o amendoim e coloque em uma travessa.
Polvilhe a canela em pó e sirva.

Paçoca

Essa paçoca a vó fazia no pilão ou na máquina de moer e eu faço no processador.
Quando a vó fazia, a “bagunça” durava o dia todo. Era muito gostoso participar da preparação e a recompensa era saborear esse doce deliciosamente viciante.

Paçoca

Paçoca

Ingredientes

½ quilo de amendoim
½ quilo de açúcar
250 grs de farinha de mandioca torrada
½ colher (sobremesa) sal

Modo de preparar:

Torre o amendoim na panela, mexendo com uma colher de pau até ficar moreninho. Coloque o amendoim numa vasilha para tirar as casquinhas (dá um trabalhão para quem mora em apartamento). Se encontrar para comprar já torrado e sem sal, não pense duas vezes, compre.
Coloque o amendoim no processador (a vó socava no pilão ou passava na máquina de moer) e adicione aos poucos a farinha de mandioca torrada (já compra torrada ou torre em casa) e o açúcar. Depois que tiver bem batido, acrescente o sal.
Pode ser servida em potinhos para comer com colher ou se preferir que fique igual às paçoquinhas compradas, unte as mãos com um pouco de manteiga e vá dando o formato, enrole em insulfilme e deixe descansar um pouco. Desenrole e pronto.

Essas receitas eram muito apreciadas por todos, faziam sucesso mesmo! Espero que vocês também façam e gostem.

Bom apetite!

O bolinho de bacalhau e a paçoca, hoje, foram feitos pelo meu filho. Grande menino!

Posts Relacionados:
♥ ♥ ♥ Comentários ♥ ♥ ♥

(*) Campos Requeridos



Em 18-04-2014 às 4:54 pm

Tirando a canjica que eu não gosto (só eu, né? Porque todo mundo ama!) esse post me deu água na boca!! Eu sei que é meio feio dizer isso mas adoro quando chega Sexta Feira Santa também por causa dos bolinhos de bacalhau, nhummy!!!


    Neli Carpinter
    Em 18-04-2014 às 8:01 pm

    Olá Luly!
    Não se sinta sozinha, o meu filho também não gosta de canjica, rss.
    Também amo bolinho de bacalhau.
    Bjus e uma ótima Páscoa para vc e sua família.


Em 21-04-2014 às 1:31 pm

Adoro canjica e paçoca, me fazem lembrar dos meus avós que sempre faziam esses doces na semana santa. Bolinho de bacalhau é tudo de bom também!
Beijos


Em 22-04-2014 às 1:03 pm

Delícia de semana santa! Como eu estou morando no Rio de Janeiro, ainda senti mt falta das comidinhas lá de Recife, e como eu sou uma péssima cozinheira, não me arrisco a fazer nada… kkkkkkk Bjs