Depois daquela abertura nada brasileira da Copa do mundo, 32 dias se passaram. Tivemos uma tempestade de gringos em nosso país. Com eles aprendemos coisas boas e vimos o que se fazem de ruim e que podemos melhorar como seres humanos. Com nossos conterrâneos também tiramos algumas lições. Eu, como […]

Continue lendo...